Aluna de São Miguel é primeiro lugar em Olimpíada de Inglês

Aluna de São Miguel é primeiro lugar em Olimpíada de Inglês

A aluna Cecília Oliveira de Carvalho, de 15 anos de idade, foi classificada em primeiro lugar na Olimpíada de Inglês do ChatClass, na categoria Ensino Médio – Nível Avançado, realizada pela segunda vez no Estado de Goiás (a primeira edição foi ano passado). Cecília recebeu nota 10 no seu Certificado de Participação, com 954 palavras faladas e 294 atividades feitas (do dia 1 de outubro a 2 de novembro passados).

A olimpíada on-line é desenvolvida por meio de um ‘Robô de Inglês’ no Whatsapp, com plataforma criada pela ChatClass (www.chatclass.com.br), startup de educação fundada em Nova York, nos Estados Unidos, com a missão de democratizar o ensino de qualidade, utilizando a ‘Inteligência Artificial’ e o mundo digital.

Cecília, que é aluna do Centro de Ensino em Tempo Integral (CEPI) CEPI Dr. Dorival Brandão de Andrade (estadual), em São Miguel do Araguaia, na região Noroeste de Goiás, vai receber materiais didáticos de inglês para aperfeiçoar seu aprendizado, além de um curso de inglês Premium do ChatClass.

A professora de inglês de Cecília, Nayara Bezerra de Souza, afirmou que a aluna teve grande destaque por ser uma aluna de escola pública e realizar as atividades com muita desenvoltura. “Inclusive ela é um incentivo para os alunos de nossa escola em dedicar cada vez mais na aprendizagem de inglês”, considera.

A própria Nayara já experimentos os benefícios de participar da Olimpíada de Inglês da ChatClass: “ano passado, eu fui uma das professoras classificadas no evento, então eu tive a oportunidade de integrar uma imersão em inglês, que é uma técnica muito válida para se aprender na prática”.

Para a professora, que tem formação em Letras (Português e Inglês) pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e leciona desde o ano de 2018 no CEPI CEPI Dr. Dorival, a olimpíada promove a aprendizagem de forma divertida para os alunos.

Este ano, a Olimpíada de Inglês teve como tema a frase ‘We are the future of work’ – em tradução livre ‘Nós somos o futuro do trabalho’. E é justamente nisso o que a professora aposta: “sabemos que o inglês pode abrir oportunidades no mercado de trabalho”.

A aluna Cecília afirmou que “a experiência a ajudou a agregar mais informações sobre a língua inglesa, especialmente nas atividades interativas”.

Marcley Rodrigues de Matos

Marcley Rodrigues de Matos

Deixe uma resposta